promessas de ano novo

Saiba tudo que você precisa fazer para manter a linha e não perder o foco da boa alimentação

*Por Daniela Meira

Ano novo, vida nova. Quem já não fez esta afirmação? A gente faz uma lista de ações para o ano todo e tornar nossa vida mais feliz e compra uma agenda bem bacana e… no ano seguinte, quase na mesma data, as mesmas promessas são feitas e outra agenda comprada! E entre essa lista de promessas estão os recordistas: parar de fumar, beber menos, fazer uma atividade física, guardar dinheiro, incluir alimentos saudáveis em todas as refeições e… emagrecer! Pensando neste último desejo, relacionei alguns lembretes para facilitar seu dia-a-dia!

REVEILLON- DEZ/2013 - PRAIA DE COPACABANA/ RJ

REVEILLON- DEZ/2013 – PRAIA DE COPACABANA/ RJ

1) O primeiro deles tem que ser respeitado sempre, para não haver frustação depois. Estabeleça metas possíveis. Por que você quer emagrecer 10 kg já? Não é melhor fazer um plano dividindo estes 10 kg em meses? É mais seguro emagrecer menos por mês, mas constantemente. Se pensar em 2 kg por mês está de bom tamanho. Coloque então na sua lista que em cinco meses você terá perdido 10 kg. E está mais que provado que se emagrecer rápido demais poderá ganhar todos os quilos perdidos rápido também.

2) Fuja das dietas milagrosas, da moda ou da vizinha que emagreceu e ficou linda. A única forma de emagrecer com saúde e de verdade, sem voltar ao peso antigo, é fazer uma alimentação balanceada. Quando a gente faz dieta com restrição calórica nosso metabolismo muda, desacelera. E sabe o que isso significa? Que você terá que comer menos ainda para perder peso! Sim! Seu corpo trabalha de acordo com a aceleração do metabolismo. Se ele desacelerou, ficou mais lento, precisa de menos calorias para mantê-lo! Acelere isso!

3) Traga cor e sabor para suas refeições. Uma alimentação monótona e com pouca variedade de alimentos traz os mesmos nutrientes sempre. Ou seja, o nutriente que faltar vai faltar sempre, mesmo que você coma alface e tomate todos os dias. Nutrientes como o ferro da beterraba ou vitamina A da cenoura não estarão presentes na sua refeição. Você pode fazer o seguinte, veja quais os legumes e verduras que você gosta ou que consegue comer e coloque um de cada por dia. Um dia você come cenoura, no outro brócolis, depois couve refogada e assim por diante. Outra coisa… tente mudar o tempero. Um molho de iogurte e hortelã num dia, mel e mostarda no outro, azeite, sal e pimenta, redução de aceto balsâmico. Ervas frescas bem picadinhas. Tudo isso muda o sabor rotineiro da refeição, traz nutrientes diferentes e torna sua alimentação mais prazerosa.

4) Planeje mentalmente suas refeições. Se você consegue fazer 3 refeições por dia e mais dois lanches entre as principais refeições, ótimo. Caso não consiga, tente respeitar as três principais e quando puder, inclua um lanche à tarde. Essas refeições de três em três horas mantém seu metabolismo funcionando o dia inteiro, aumenta a saciedade, diminuindo a fome fora de hora, e impede que você exagere nas grandes refeições. Uma barrinha de cereais na bolsa pode saciar sua vontade de comer um doce ou sua vontade de comer “uma coisinha” e quando chegar em casa, depois do trabalho, você não estará azul de fome!

5) Tente não ter em casa quitutes e tentações. Se não tiver na geladeira um bolo, será mais fácil não comê-lo! Se você não mora sozinha, seu marido ou filhos gostam de bolo para comer à tarde, lembre-se que o bolo é deles e não te pertence! Vale fazer um esforço e olhar os quitutes e tentações como seus inimigos do final do mês. É neste momento que você vai perceber que está mais feliz por que conseguiu vestir aquela calça que estava apertada. Pense comigo… O prazer de comer aquele pedaço de bolo é momentâneo. Você esta feliz enquanto come o bolo. O prazer de vestir uma calça que antes estava apertada vai durar o tempo todo que você estiver vestindo a calça. Este prazer dura muito mais tempo! Qual prazer você prefere?

6) Nesta reeducação alimentar você pode dar umas escapadas na alimentação de vez em quando. Vai tomar uma cervejinha com os amigos, comer um croquete no happy hour. Planeje estas escapadas. Por exemplo, no primeiro mês, recomendo não escapar nenhum dia, pois você está reprogramando seu metabolismo e isso leva um tempinho. No segundo mês, dê umas duas escapadas, mas planeje. Veja como estão seus dias e que tipo de compromisso você tem marcado. Vá em todos os compromissos, mas escape só em dois. E me faça um favor, no dia seguinte observe seu corpo. Veja se você amanheceu inchada, indisposta, pesada. Essa análise ajuda na hora das escapadas e faz você pensar duas vezes antes de comer uma coxinha!

7) O nosso corpo pode variar de peso de um dia para outro. Que tal se pesar apenas uma vez por mês? Na hora de se pesar, tente fazê-lo no mesmo horário e se possível, sem roupa. Se você não tem balança em casa, tente se pesar sempre no mesmo local. As balanças podem variar o resultado de uma para outra.

8) Persista nos seus objetivos. Se você não resistiu e saiu da dieta, se o peso estacionou por alguns dias ou a baixa nos quilos ficou muito abaixo da esperada, não desista! Isso acontece com todas as pessoas que estão no processo de emagrecimento! A diferença entre a pessoa que atinge o objetivo e aquela que está a todo o momento reiniciando é que a primeira não desistiu.

9) Praticar exercícios físicos é claro que ajuda neste processo de emagrecer e de ter uma vida mais saudável. Mas, se não dá para fazer uma academia tente alguns exercícios em casa mesmo. Requer disposição e força de vontade eu sei, mas você não está tentando mudar? Pular corda, subir escada, caminhar até a padaria podem ser práticas simples, mas se forem constantes, aceleram seu metabolismo e ajudam o seu dia ficar mais gostoso!

10) Outra coisa importante… Às vezes a sensação de estar com fome pode ser sede! Antes de pegar um negocinho para comer, beba um copo de água, espere 15 minutos e veja se a fome foi embora.

Agora vou colocar outros lembretes que podem te ajudar a decidir o que comer e a manter sua promessa de ano novo sempre em dia!

Eu prometo que vou tentar comer ou beber:
uma porção de espinafre por semana
– uma maçã por dia
– três bananas por semana
– uma colher de mel todos os dias
– uma porção de frutas vermelhas por semana
– uma porção de castanhas, nozes, amêndoas ou avelãs por semana
– melancia e melão sempre que puder
– suco verde de couve com limão três vezes por semana
– inhame cozido uma vez por semana
– feijão, lentilha ou grão de bico três vezes por semana
– linhaça, chia, quinoa sempre que puder
– um pedaço de bolo ou torta doce uma vez por semana
– uma cervejinha ou caipirinha com os amigos duas vezes por mês
– duas porções de peixe por semana
– carne vermelha sem gordura duas vezes por semana
– frango ou carne de porco, três vezes por semana
– mais grelhados e assados
– menos frituras, gorduras, creme de leite
– menos cafeína, refrigerantes, açúcar e sal
– mais verduras, legumes, sopas e sucos frescos
– mais gelatina
– dois pedaços de pizza de qualquer sabor a cada quinze dias
– menos queijos amarelos e mais queijos brancos e quando puder: tofu
– menos embutidos ou enlatados
– mais leves e frescos! 

E para finalizar…

Feliz 2014 todos os dias!*Daniela Meira é nutricionista e produtora de culinária do programa Mais Você. Para saber mais receitas e outras dicas de alimentação, conheça o blog Informações à Mesa (http://danielameira.blogspot.com)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s